00656.HK --

Concluiu na China a primeira ferrovia de alta velocidade de propriedade majoritária de investidores privados

Release Time:2021-07-08 Author: Source: Pageviews:

Na manhã do dia 22 de junho de 2021, um grupo de trabalhadores trabalhava no local de construção da Estação Wenling, o terminal da primeira linha ferroviária de alta velocidade de propriedade majoritária de investidores privados na China - a Ferrovia Hangzhou-Shaoxing-Taizhou. Pavimentaram o último par de carris longos de aço na via sem lastro, marcando a conclusão do assentamento dos carris da ferrovia cuja construção foi liderada por um consórcio de investidores privados liderado pela Fosun. Toda a ferrovia está pronta para entrar em operação no final do ano.



A Ferrovia Hangzhou-Shaoxing-Taizhou é um dos oito projetos ferroviários exemplares financiados por investidores privados. A comprimento de toda a ferrovia é de 266,9 quilómetros com uma velocidade projetada de 350 km/h. Existem oito estações ao longo da ferrovia, nomeadamente Shaoxing Norte, Shangyu Sul, Shengzhou Norte, Shengzhou Xinchang, Montanha Tiantai, Linhai, Taizhou e Wenling.

Em 11 de setembro de 2017, o Governo da Província de Zhejiang e o consórcio de investidores privados liderado pela Fosun assinaram um acordo para investir na ferrovia Hangzhou-Shaoxing-Taizhou como um projeto de parceria público-privada. De acordo com um relatório de viabilidade aprovado, o projeto ferroviário exigia um investimento total de RMB 44,89 bilhões e um capital social equivalente a 30% do investimento total. O consórcio de investidores privados adquiriu 51% do capital do projeto que é a primeira ferrovia de alta velocidade de propriedade majoritária de investidores privados na China. O projeto serve como um modelo para o investimento privado em ferrovias e marca o início de uma nova etapa na reforma do sistema de investimento e financiamento de projetos ferroviários.


Como a primeira ferrovia de alta velocidade de propriedade majoritária de investidores privados na China, a ferrovia Hangzhou-Shaoxing-Taizhou é considerada um projeto ferroviário exemplar que ilustra como o governo central da China reforma o setor privado e promove seu desenvolvimento.


Desde o início da construção da ferrovia no final de 2017, a unidade de gestão de construção ferroviária e as unidades de construção organizaram os trabalhos e cooperaram estreitamente para superar as dificuldades como o surto da pandemia de COVID-19, tufões, invernos extremamente frios, dificuldade de construção de uma ferrovia em que pontes e túneis representam cerca de 90% de toda a extensão, e várias tarefas importantes e gargalos no processo. Conseguiram concluir as tarefas dentro do cronograma. Até o final de maio, foram investido RMB 38,8 bilhões no projeto, respondendo 92% do investimento total. O projeto quebrou vários recordes na história da construção de ferrovias de alta velocidade, incluindo a profundidade de 143 metros perfurada para uma pilha no cais principal da superponte Jiaojiang, a primeira construção com terra diatomácea na China, o túnel mais longo no leste da China e o primeiro túnel de furo único com uma grande seção transversal para quatro pistas, etc.



O desenvolvimento do PCCh serve como guia para a construção da Ferrovia Hangzhou-Shaoxing-Taizhou


Após o assentamento dos trilhos de toda a ferrovia, teste e coordenação de todos os trechos da ferrovia, será realizado um ensaio de operação e avaliação de segurança. A inauguração da ferrovia está prevista para o final do ano. A ferrovia Hangzhou-Shaoxing-Taizhou será conectada a outras ferrovias de alta velocidade, como a ferrovia Shanghai-Kunming, a ferrovia Shangqiu-Hefei-Hangzhou, a ferrovia Nanjing-Hangzhou, a ferrovia Hangzhou-Huangshan e a ferrovia Hangzhou-Shenzhen. Ela também estará conectada à rede ferroviária de alta velocidade na região do delta do rio Yangtzé, permitindo assim um acesso rápido ao sudoeste de Zhejiang, à área urbana da capital provincial de Hangzhou e aos aglomerados das cidades costeiras ao redor de Wenzhou e Taizhou. O tempo de viagem de trem de Taizhou a Hangzhou será reduzido de duas horas para cerca de uma hora, tornando muito conveniente para as pessoas que vivem na área ao longo da ferrovia a viajarem para os aglomerados das cidades costeiras ao redor de Wenzhou e Taizhou e facilitando a integração de tais aglomerados das cidades no Cinturão Econômico do Rio Yangtzé. A ferrovia Hangzhou-Shaoxing-Taizhou pode ampliar a área atual de “raio de transporte de uma hora” da província de Zhejiang e acelerar a integração econômica da região do delta do rio Yangtzé.